O ímpio com a boca destrói o próximo, mas os justos são libertados pelo conhecimento. Provérbios 11:9








Data Publicação: 22/01/2018 19:36:00
Testemunho: A salvação entre os Guaranis

Nosso alvo no Campo missionário, não é firmado em testemunhos sobrenaturais e sim na salvação de almas!

"Eu me lembro do Reinaldo Sarat, na aldeia Ymoroti no Paraguay, chegamos naquela aldeia em 2012.

Não havia testemunho da palavra de Deus no meio deles.

Conheci de primeira mão, o Sr. Reinaldo que logo me disse que ele era o líder da aldeia!

Para nós foi uma benção, pois era o que precisávamos, ele nos liberou para o discipulado e logo começamos.

Interessante que os homens Guaranis são duros quanto à palavra de Deus, mas seu Reinaldo se mantinha firme."

Um dia cheguei e tive a notícia que ele estava de mudança para cidade de Aral Moreira no Brasil, fiquei triste, muito triste em ter que despedir-me dele e sua esposa, mas continuamos, e seis meses depois batizamos as três primeiras pessoas, sendo que uma hoje é obreira nessa aldeia.

Meses depois cheguei à aldeia e encontrei seu Reinaldo de volta, senti-me alegre por sua volta e tão ele logo me perguntou: Irmão eu quero continuar o estudo, para que eu possa me batizar, junto com minha esposa! Nossa! Meu coração foi nas alturas e logo dei continuidade nos estudos para ele e sua esposa em separado, e também um pré-batismo.

Com quatro meses, marcamos o batismo e finalmente no dia caiu uma chuva muito forte, mas falei com o companheiro que só sairia da aldeia depois do batismo e de celebrar a ceia.

E, assim fizemos!

Tive a oportunidade de levá-lo a beira da água, do qual um companheiro efetuou o batismo e eu celebrei com ele e a sua esposa dona Lourenza a primeira ceia.

Meses depois eu deixei a aldeia e após seguidos outros três meses, soube que ele faleceu vítima de um atropelamento, não fiquei triste, pois cumpri meu dever e ele testificou ao Senhor.

Hoje a esposa dele (viúva) é a líder da aldeia e dentre algumas irmãs que batizamos, uma se tornou obreira.

A igreja naquela aldeia está firme com eles, nessa foto eu estou servindo a primeira ceia para o irmão Reinaldo e irmã Lourenza.

Para mim isso vale a carreira missionária."

Ricardo Miranda
Missionário entre os Guaranis em Mato Grosso do Sul
JERUSALÉM ETERNA