O ímpio com a boca destrói o próximo, mas os justos são libertados pelo conhecimento. Provérbios 11:9








Data Publicação: 11/07/2018 19:34:09
Profeta Judeu Sofonias: Aliyah

O capitulo 2 inicia falando sobre o reajuntamento dos Judeus em Israel, decreto este anunciado pelo profeta em 630 A.C.

Assim como no capítulo 1, o profeta Sofonias também detalha como será o Dia do Senhor.

Os versículos de 1 a 3 apresentam um panorama da política internacional que está ocorrendo em nossos dias. As nações estão expulsando os Judeus de seus países, influenciados pelo antissemitismo e antissionismo.

Em nossos dias, o cumprimento profético de Sofonias iniciou-se com o restabelecimento de Israel e Jerusalém em 1948, como Estado Político e Judeu - Do ponto de vista humano, isso seria impossível ocorrer depois de mais de 1800 anos!

Deste momento em diante, D'us tem chamado os judeus de todas as nações para restaurar sua nação, povo e a cidade Eterna.

À medida que as nações perseguem os judeus e os expulsam de seus países, o declínio econômico, político e social das nações se acentuam, pois invocam o cumprimento da Aliança Abraâmica que traz bênçãos ou maldições, de acordo com o relacionamento com os Judeus e Israel.

E por fim, inicia-se a queda e a ruína das nações gentílicas e a restauração de Israel.

Quando o Mashiac descer sobre Jerusalém, Israel será redimida para sempre e se tornará um lugar onde todos os gentios irão adorar durante o Milênio e a Eternidade; Jerusalém será a capital Eterna!

Após o reajuntamento de Israel, inicia-se o Dia do Senhor, onde D'us irá separar ímpios (Judeus e Gentios) de crentes, só entrarão no reino Milenar, obviamente os redimidos - crentes no Messias de Israel.

O Dia do Senhor será um dia de ira de D'us sobre toda a terra, sobre o pecado e os ímpios; será o pior dia desde a existência do homem e nunca haverá um dia como este - Serão 7 anos de mortes, guerras e catástrofes naturais.

 

Silas Anastácio
Evangelista e Expositor Bíblico
JERUSALÉM ETERNA