O ímpio com a boca destrói o próximo, mas os justos são libertados pelo conhecimento. Provérbios 11:9








Data Publicação: 22/06/2018 21:50:05
Profeta Judeu Naum: A queda de um império

No capítulo dois de Naum, o D'us de Israel, o D'us ciumento, o D'us vingador mostra ao profeta como será o cenário de guerra contra os Assírios e a cidade de sangue.

D'us ironiza no versículo um contra os Assírios, eles que outrora se orgulhavam do poder militar contra as nações (Israel, Judá, Egito, Babilônia, Etiópia), eles que outrora se orgulhavam do ouro e da prata saqueado das nações; agora eles serão reduzidos a uma cidade vazia, cheia de fumaça nos carros e nas casas, seus generais serão mortos e haverá fome e devastação por todas as cidades.

As praticas cruéis dos Assírios acabaram!

Os Assírios cortavam as mãos, retiravam olhos e a pele dos prisioneiros com eles ainda vivos; matavam bebês ainda no ventre das mães e ainda colocavam estaca no reto dos prisioneiros fazendo com que saísse próxima a cabeça, os fazendo sofrer por dias; muitas destas práticas cruéis foram feitos com os próprios judeus.

Agora Jeová Sabaoth, uniu o Medo (Ciáxares 625 A.C a 550 A.C) e o Babilônico (Nabopolassar) contra Nínive, como um destruidor que cortará em pedaços essa nação sangrenta.

Os Babilônicos e os Medos vestidos e pintados de vermelho avançam sobre os muros do Império Assírio, usam carros com lâminas afiadas e batem as espadas nos escudos prontos para vencerem!

Eles quebrarão a barragem do Rio Tigre e a água invadirá os muros da Assíria, e os tesouros deles são tomados e levados pelos inimigos.

O Leão e o covil foram destruídos!

 

 

Silas Anastácio
Evangelista e Expositor Bíblico
JERUSALÉM ETERNA