O ímpio com a boca destrói o próximo, mas os justos são libertados pelo conhecimento. Provérbios 11:9








Data Publicação: 16/08/2018 18:53:03
Profeta Judeu Jeremias: Maldito o homem que confia no homem

A idolatria e o pecado estavam inscritos no coração de Judá, de tal forma que nada seria capaz de mudar seus corações rebeldes e obstinados; a iniquidade estava inscrita nos corações com pena de ferro e ponta de diamante.

A família se reunia para a prática de idolatria!

Pai, mãe e filhos se reuniam junto às árvores frondosas e nos montes para adoração aos seus deuses...

Os montes eram usados como lugar de adoração aos deuses, lugar onde também se praticava orgias sexuais, relações homossexuais e todo tipo de depravação sexual.

 

Como punição Adonai decreta três juízos sobre a nação:

1) Jerusalém seria saqueada e o tesouro da nação seria levado pelos inimigos.

2) Seriam expulsos temporariamente da Palestina.

3) O povo se tornaria escravo na Babilônia

 

Judá para escapar da invasão Babilônica, fazia acordo militares com outras nações, mas nada disto adiantaria - Adonai estava sendo rejeitado pela nação!

 

Adonai diz:

"... maldito o homem que confia no homem, faz da carne mortal o seu braço...".

 

A idólatra Judá, rebelde e orgulhosa se tornaria como um arbusto solitário no deserto, ela seria devastada por todos os lados!

Bendito o homem que confia no Senhor, cuja esperança é o Senhor!

 

A nação está em um colapso espiritual, político e social.

Haverá mortes por todos os lados, através de fome e doenças; Judá segue o seu próprio coração.

 

 "... Enganoso é o coração, mais do que todas as cousas, e desesperadamente corrupto...".

 

Silas Anastácio
Evangelista e Expositor Bíblico
JERUSALÉM ETERNA