O ímpio com a boca destrói o próximo, mas os justos são libertados pelo conhecimento. Provérbios 11:9








Data Publicação: 25/08/2018 14:54:06
Por que o mundo odeia Israel e os Judeus?

Para responder essa pergunta, primeiro veremos o histórico de Israel e Judeus, desde os tempos do Império Egípcio até os dias de hoje.

Veremos que Satanás guiou inúmeras nações do mundo para se opor a Israel e aos Judeus, para assim, destruir o trono Davídico de Jesus que acontecerá em Jerusalém.

Os maiores Impérios do mundo perseguiram, mataram e escravizaram Judeus e Israel, mas todos eles passaram - Israel e os Judeus permanecem até hoje.

 

Breve relato histórico:

Império Egípcio:

Escravizou os judeus durante 430 anos, antes mesmo do Estado de Israel existir!

 

Império Assírio:

Destruiu o reino do norte em 722 A.C e depois tentou invadir o reino do Sul através de Senaqueribe, matou e escravizou milhares de Judeus.

 

Império Babilônico:

Matou e escravizou milhares de Judeus.

Invadiu Judá nos anos de 605 A.C, 597 A.C e 586 A.C; fazendo dos Judeus escravos durante 70 anos!

 

Império Medo Persa:

Foi um dos Impérios mais amigos de Israel, mas houve retaliações durante o período do profeta Ageu e a tentativa de exterminar os Judeus do mapa durante o período da Rainha Ester.

 

Império Grego:

Durante o início do Império Grego, sob a liderança de Alexandre o Grande, os helenistas eram amistosos com os Judeus, no entanto, houve uma mudança no período dos Macabeus e tentaram forçar os Judeus a adorarem os deuses gregos, o que levou a uma carnificina de Judeus e Gregos.

 

Império Romano:

O maior Império do mundo!

Fizeram Jerusalém ficar sob o domínio Romano, mataram e perseguiram milhares de Judeus.

Crucificaram o Yeshua HaMashiac, com o apoio de alguns Judeus idólatras e no ano 70 D.C destruiu o 2º Templo em Jerusalém. Matou os primeiros Judeus Messiânicos (crentes do Senhor Jesus) e milhares de Cristãos, incluindo o Apóstolo Paulo (Rav Sheul) e Pedro (Kefa).

 

Movimento Árabe:

Após o enfraquecimento do Império Romano, os Árabes assumiram algumas regiões dominadas pelo Império e iniciou um genocídio contra Judeus e Cristãos.

O período destes acontecimentos está em torno dos anos de 530 D.C até 630 A.C, podendo ser superior a esta data.

 

Inquisição (800 D.C a 1900 D.C):

Uma das maiores atrocidades do mundo.

Após a queda do Império Romano, surgiu um movimento católico que dizimou milhares de Judeus e Cristãos pelo mundo inteiro, desde o Oriente Médio, Europa, América Latina e Ásia, por mais de 1000 anos!

 

Reforma Protestante (1300 D.C a 1600 D.C):

Inúmeros Judeus foram perseguidos por algumas denominações Protestantes que diziam que a Igreja substituiu Israel e alguns reformadores pregavam a queima de casas e morte aos Judeus!

 

Império Otomano (1299 D.C a 1453 D.C):

Com a ascensão da Turquia, sob o domínio de Otomano, novamente começou um movimento muçulmano contra os Judeus e Cristãos.

A Turquia queria tirar a influência Europeia do mundo e do Oriente Médio, para estabelecer um reino Islâmico.

 

Nazismo (1933 D.C a 1945 D.C):

Hitler um ultranacionalista, com a ideia de libertar a Alemanha da influência Judaica (bancos, empresas, política etc), tentou criar um reino de brancos Arianos e de raça pura Alemã.

Ele teve o apoio de algumas paróquias católicas e algumas Igrejas evangélicas - Os Cristãos que não apoiavam a atrocidade nazista eram mortos pelos nazistas.

Só de Judeus foram mais de 6 milhões mortos!

 

Comunismo (União Soviética - 1922 D.C a 1991 D.C):

Através do ateísmo espalhado pelo mundo e com o poderio militar da União Soviética (URSS), atualmente conhecido como Rússia, foram exterminados mais de 100 MILHÕES DE PESSOAS!

A quantidade de Judeus mortos e Cristãos são superiores a de Hitler.

 

Conclusão:

Diante de todas as atrocidades da história e dos maiores Impérios do mundo, o D'us de Israel preservou os Judeus e Israel de serem exterminados!

Mesmo assim, o mundo moderno não aprendeu a lição...

O mundo verá a restauração de Israel e a vinda visível do Senhor Jesus sobre Jerusalém para estabelecer seu reino Eterno, através do trono Davídico, cumprindo as Alianças Abraâmica, Davídica, Nova Aliança e Palestina.

Israel no futuro próximo será restaurado e os Judeus Messiânicos serão os responsáveis pelo 4º templo na Jerusalém restaurada, onde os gentios participarão do Reino Milenar - Todos serão um só povo, uma só fé e um só Adonai.

A Igreja participará do cumprimento profético e sua habitação será na Jerusalém Celestial juntamente com os Judeus Messiânicos, que descerá do céu, como noiva adornada após 1000 anos e após o Grande Trono Branco!

 

Silas Anastácio
Evangelista e Expositor Bíblico
JERUSALÉM ETERNA