O ímpio com a boca destrói o próximo, mas os justos são libertados pelo conhecimento. Provérbios 11:9








Data Publicação: 13/10/2017 19:46:06
O silêncio da mídia: Sudão e a perseguição de cristãos

Obviamente a mídia esquerdista não mostrará isto para você, afinal, não é intenção dela mostrar que cristãos estão sendo dizimados pelo mundo em larga escala.

A perseguição não é apenas de palavras, mas trata-se de uma limpeza étnica, conforme descrito pelo Portas Abertas.

O Sudão é um país que possui o islamismo sunita como religião oficial, sendo assim, a minoria cristã vive uma perseguição esmagadora! A posição do país na lista mundial do Portas Abertas é 5.

A população do Sudão é de aproximadamente 42,1 milhões, sendo 1,9 milhão de cristãos.

Desde 1993 o país está entre os primeiros 20 países que mais perseguem cristãos no mundo, e com o aumento da perseguição do último ano, subiu mais três pontos, ficando com 87 pontos, anteriormente o número era de 84.

No país não existe liberdade de expressão, como também não há uma imprensa e mídia livre! 

Sob o governo autoritário de Umar Hassan Ahmad Al-Bashi, a política é prender, assediar, intimidar, expulsar cristãos e dificultar a construção e permanência de templos; o foco do governo é ter apenas uma religião no país, o islamismo.

É comum no Sudão, crianças cristãs serem obrigadas a fazer orações muçulmanas para receber comida, algo totalmente desumano, violando diretamente os direitos humanos e a liberdade de religião, praticada no ocidente.

Em agosto/2017 e setembro/2017, a polícia do Sudão deteve para interrogatório oito líderes de uma igreja, sendo um deles o pastor principal, Mahjoub Abotrin, preso em sua casa em Omdurman, próximo à capital Cartum, no dia 22 de setembro.

 

Download da Lista Mundial:

https://www.portasabertas.org.br/dlpg/2017/Mapa2017_A4.jpg

 

 

Fonte: Portas Abertas

https://www.portasabertas.org.br/listamundial/perfil/sudao/

 

Silas Anastácio
Evangelista e Expositor Bíblico
JERUSALÉM ETERNA