O ímpio com a boca destrói o próximo, mas os justos são libertados pelo conhecimento. Provérbios 11:9








Data Publicação: 18/09/2017 15:27:07
O papel da Igreja diante do Brasil falido

Estamos vivendo dias muito difíceis em nosso país e também no mundo, desemprego, imoralidade sexual, caos político, polarização, terrorismo e fome; eventos que em breve se transformarão em grandes conflitos sociais e um colapso sem precedentes no mundo.

Mas algo inédito aconteceu, em meio a tudo isto que o Brasil vem enfrentando, houve uma união nacional de cristãos, alguns grupos de judeus e conservadores contra a imoralidade sexual do Banco Santander, o que levou inúmeras contas a serem canceladas no Brasil e exterior, fazendo com que o banco cancelasse a mostra e devolvesse o dinheiro público, no valor de R$ 800.000,00!

Em toda a história do povo de D'us, houve remanescentes, dos quais desde a época dos profetas Judeus não se dobraram a idolatria da nação e do sistema religioso apóstata. Permaneceram firmes, mesmo diante da morte, perseguição, fome e espada; enfretaram falsos líderes religiosos, líderes políticos corruptos e a nação idólatra.

 

Um dos jornalistas evangélicos mais importante do Brasil, Jarbas Aragão  diz:

..." Em toda a história houve os remanescentes, então é necessário que este grupo cresça em entendimento e faça ouvir sua voz, que proclame a glória do Senhor..."

..."Que este grupo seja pró-ativo e não reativo, que se levante e entenda o significado do que é ser geração eleita, sacerdócio real, propriedade exclusiva de D'us, para as grandezas daquele que vos convocou das trevas para sua maravilhosa luz.   "...

 

Então é necessário que se levantem e faça cumprir as ordens daquele que nos chamou.

Aqueles que foram chamados para morrerem pelo evangelho, o façam, aqueles que foram chamados para serem perseguidos, o façam, os que foram chamados para sofrerem pelo evangelho, o façam; sejam fortes corajosos e lembrem-se, nada poderá nos separar do amor de D'us.

Para que haja uma mudança na Igreja e no Brasil, primeiramente é necessário um alimento consistente e Bíblico, então colocarei a Introdução  de estudos expositivos dos profetas Joel, Ageu, Sofonias, Jeremias, Amós e João Batista.

No meu canal, do Ministério Davar,  há mais de 120 aúdios/vídeos explicando versículos por versículos, capítulos por capítulos de alguns livros, mostrando sobre os profetas judeus que mudaram a história de Israel e do mundo.

 

Doze dicas de como agir, diante deste cenário que caminha para o fim:

 

1) Não tenham medo da rejeição, sejam convicto nos principios Bíblicos.

Infelizmente o cristianismo ocidental, afastou os cristãos do verdadeiro evangelho.

Mesmo diante do cristianismo promíscuo ocidental, há um grupo pequeno de pastores e missionários, que abandonaram o conforto ocidental para sofrerem pelo evagelho, mesmo dentro do próprio ocidente há pessoas que estão sofrendo e sendo rejeitadas pela própria Igreja, enquanto vivem uma vida de grandes lutas, perdas, mas convictos do que é o verdadeiro evangelho.

O verdadeiro evangelho exige sacrifício pessoal, não para ter uma vida de riqueza, mas para viver piedosamente através do evangelho. 

 

2) Seja forte, corajoso e esteja preparado para perseguição e morte, de acordo com o chamado dado individualmente a cada membro da Igreja.

O verdadeiro evangelho incomoda, levanta inimigos e opressores, traz perseguições e lutas, e em muitos casos a morte, como no caso do oriente médio e muitos países da Ásia.

O cristianismo que vivemos, aqui nos países ocidentais, nada tem haver com o evangelho puro e simples, mostrado pela exposição Bíblica e em especial pelo Messias.

Em Hebreus 11:35  a 37, o autor fala que por causa da fé genuína no D'us de Israel, alguns foram torturados, outros passaram por escárnios, açoites, prisões, apedrejados e serrados ao meio!  

 

 3) Mergulhem em estudos expositivos dos profetas Bíblicos, tais como Joel, Ageu, Sofonias, Jeremias, Amós e João Batista entre outros.

Grande parte dos problemas de hoje, é resultado de cristãos não conhecerem a Bíblia.

Por isso a importância do conhecimento expositivo Bíblico dos profetas, do Livro de João e Romanos;  a preparação antecede a execução.

Os profetas judeus só podiam iniciar algum tipo de liderança ou ministério após os 30 anos de idade e iniciavam a preparação com 14 anos de idade, seguindo com costume judaico.

 

4) Aos que puderem, jutem-se em grupos e iniciem um reavivamento dentro da própria congreção, convidando pessoas para evangelismo e estudos bíblicos dos profetas, o livro de João e Romanos.

Trabalhar em grupos fortalece a comunhão, tornam-se mais fortes e expande o campo missionário, porque há projetos perigosos de serem feitos sozinhos. 

 

5) Não permitam envolvimento de Pastores ou Líderes religiosos com política, usando a Igreja, para elegê-los.

O prostíbulo religioso e a apostasia que vivemos, começa nos próprios púlpitos, repetindo as mesmas práticas nos tempos dos profetas. Muitos líderes religiosos têm usado a Bíblia para enganar, mentir, promover práticas de corrupção, adultério, roubos e homicidios.

 

6) Não sejam dominados por nenhum Pastor ou líder religioso, submetam-se a autoridade da Bíblia, não hajam como um gado controlado pelo cabresto.

Não sejam rebelde com a liderança, respeite-a, mas se houver desacordo com os principios Bíblicos, submetam-se apenas a Bíblia.

Em meu artigo falo sobre a bancada evangélica, uma pequena amostra do que a liderança evangélica tem feito para conduzir com sucesso o gado cristão e o resultado? Basta ver diante de nós.

http://www.ministeriodavar.com/o-profano-e-o-santo-bancada-evangelica.aspx

 

7) Não permitam que Pastores ou líderes religiosos decidam seus votos na política

Não votem em políticos que sejam corruptos, ladrões, que apoiem qualquer tipo de depravação sexual, aborto, que apoie a expansão do islamismo, que seja inimigo da Igreja e de Israel.

Não elejam canditados anti-semitas, inimigos de Israel e dos Judeus!

Vejam meus artigos sobre:

Dilma

http://www.ministeriodavar.com/dilma-rousseff-uma-historia-de-ativismo-contra-israel-e-a-igreja.aspx

 

Temer

http://www.ministeriodavar.com/por-que-cristaos-e-judeus-nao-devem-apoiar-o-presidente-temer.aspx

 

 8) Se o Pastor ou Líder religioso não ensina a Bíblia expositivamente, junte-se em grupo, e em amor exorte o Pastor a ensinar a congreção.

Mensagens temáticas, desvalorizam o conteúdo bíblico e torna a Igreja anêmica.

A falta de conhecimento Bíblico da Igreja Brasileira, faz grandes massas de pessoas serem guiadas por lobos, corruptos, com aparência de ovelhas. Predominantemente a Igreja não consegue tomar decisões importantes ou não consegue distinguir entre o certo e errado, pois durante anos e anos, aprenderam apenas o conteúdo básico e m muitos casos, com um evangelho incompatível com a Bíblia.

 

9) Pesquise e verifique o destino do dinheiro arrecadado no Templo.

Veja se os recursos arrecadados são utilizado apenas para futilidades como paredes, cimentos, instrumentos ou para cumprir a ordem de pregar o evangelho.

Se a congregação gasta mais com futilidades,  junte-se em grupo, e em amor exorte o Pastor ou Líder para direcionar o dinheiro para aquilo que realmente é importante, o evangelho.

Não permita que o dinheiro arrecadado, seja usado para a ganância de muitos Pastores ou líderes religiosos, em ostentar grandes templos ou em coisas que sob a ótica bíblica não tem nenhum valor.

O dinheiro deve ser investido maciçamente em Bíblias, projetos missionários, sustento aos missionários e ajuda aos pobres.

 

10) Sozinho ou em grupo, inicie projetos evangelísticos com a chamada da nação ao arrependimento.

Importante o conhecimento do livro de João e Romanos para obter habilidades durante a pregação e evagelização.

Há muitos projetos evangelísticos barrados por líderes que querem apenas ter o poder para dominar pessoas ou simplesmente por que querem transformar o evangelho em entretenimento cristão, em festas, acapamentos e picnic's; ou seja, em um cristianismo incompatível com a Bíblia.

Pregar o evangelho é um ordem pessoal, intransferível, irrevogável dada pelo próprio Messias Judeu, sendo assim, todo o conselho que for contrário às ordens dada pelo Senhor Jesus, não vem de D'us, podendo ser apenas de homens ou por influência demôniaca.

Todos nós seremos avaliados individualmente diante de Adonai.

Demônios tem usado os próprios templos, líderes e pessoas para afastar a Igreja do evangelho genuíno ou deturpar os ensinamentos bíblicos.

 

11) Sozinho ou em grupo, preguem nas ruas, nas casas, em praças e/ou em locais públicos que permitam a pregação.

Falem sobre o pecado, o resultado dele e a salvação, não se preocupe em convencer, isto é função do Espírito Santo, apenas pregue e testemunhe.

Se a pregação for pública, mostre os pecados da nação e chame a nação ao arrependimento.

 

12) Se quiser fazer um ativismo ou protesto, faça sempre usando um modelo evangelístico.

Nos EUA, muitos cristãos enfretaram organizações que financiavam ou apoiavam a depravação sexual, aborto ou outros temas importantes;  então eram comum o uso de cartazes para falar algo.

Mas sempre é importante usar cartazes com versículos bíblicos, para falar sobre o pecado e arrependimento;  convocando as pessoas ou a nação ao arrependimento, através do Messias Judeu. De Israel para as nações gentílicas!

Coloque as pessoas de frente com a Bíblia!

Lembre-se, políticos ou política não é capaz de transformar corações!

 

João 10: 8-9

Todos os que vieram antes de mim eram ladrões e assaltantes, mas as ovelhas não os ouviram. Eu sou a porta; quem entra por mim será salvo. Entrará e sairá, e encontrará pastagem.

 

Dos estudos expositivos - Introdução: 

 

 

 

 

 

 

Silas Anastácio
Evangelista e Expositor Bíblico
JERUSALÉM ETERNA